O barato pode sair caro! Dicas para não entrar numa fria na hora de comprar seus produtos de limpeza


No atual mercado, existem diversas marcas de produtos de limpeza. Devido a alta competição e demanda, as empresas desenvolvem produtos pensando em diferentes públicos.

O grande problema é que algumas empresas extrapolam no assunto corte de gastos e só se importam com preço, gerando produtos de higiene e limpeza que não oferecem o que prometem. É nisso que você precisa ficar atento, pois de nada adiantará um produto de limpeza ser barato, mas pouco efetivo.

Estes materiais de que falamos podem ser de diversas áreas da higiene e limpeza, como: limpadores, panos, sacos de lixo, luvas, entre outros.


Fique atento abaixo em quais são os pontos que você deve se atentar.


1. Concentração de limpadores


A concentração do limpador é essencial para garantir a eficiência do produto. Existem diversos limpadores no mercado com um preço muito abaixo da média, mas que contém uma concentração muito menor de ativo, limpando ou durando pouco.

Quando você for comprar um limpador com cloro, por exemplo, é importante que você fique atento na concentração do mesmo. Essa informação lhe dará um parâmetro se o produto é eficaz ou não. Outra vantagem é a economia, pois quando o produto tem uma maior concentração dos químicos que agem diretamente na limpeza, a diluição se torna maior. Isso gera economia, pois você utilizará menos produto.

O mesmo vale para os limpadores com amoníaco, desincrustantes, detergentes e limpa vidros.


2. As micras (espessuras) de um saco de lixo


Os sacos de lixo que geralmente encontramos tem de três a seis micras de espessura, isso representa o quão resistente um saco de lixo é. Hoje, a maior produção de sacos de lixo é de composição reciclável, e dentro dos recicláveis, opte pelos que possuem uma maior quantidade de micras, isso garantirá um saco de lixo mais resistente, graças a sua maior espessura.

Já os sacos desenvolvidos para aguentar grandes quantidades, podem ter o dobro de micras de espessura do saco de lixo comum. também podem ser feitos de material virgem, por isso são mais fortes e resistentes.

Um saco de lixo que possui uma espessura muito fina não suporta muito peso e rasga-se com facilidade, estes são mais indicados para escritórios, onde as lixeiras serão utilizadas mais para lixos como papéis e materiais leves.

A falta de qualidade do produto gerará um gasto maior de sacos de lixo, logo o saco mais barato pode sair mais caro e ainda poderá acarretar riscos à saúde das pessoas e de contaminação da natureza. Para evitar problemas, o ideal é comprar os sacos de lixo mais adequados para a sua necessidade.


3. Certificação das luvas


Quando você for comprar uma luva, o mais importante que você deve buscar é a sua procedência, ou seja, se ela é certificada. A importância do CA (certificado de aprovação) é imensa, pois garante que a luva foi testada e aprovada pelo órgão que fiscaliza e autoriza os produtos a estarem aptos ou não ao mercado.

Adquirindo uma luva sem certificado de aprovação, você está botando em risco a sua própria integridade física, afinal a luva não foi testada e aprovada pelo Ministério do Trabalho ou Anvisa.


Portanto, procure sempre o CA impresso no punho da luva.


4. Gramatura dos papéis


A gramatura dos papéis é de extrema importância, pois quando o papel possui uma gramatura maior, ele absorve uma maior quantidade de líquidos. Isso faz com que o usuário consuma menos papéis.

Uma boa opção para lugares de grande fluxo de pessoas é a utilização de papel toalha em bobina, porque eles normalmente possuem 200 metros e não necessitam de troca a todo momento, durando muito mais tempo. Além disso, eles estabelecem um controle maior da saída de papel do que os dispenseres para papéis interfolhados, o que também gera muita economia.


5. Produtos com gatilho (spray)


Os produtos com gatilho são uma ótima opção para a economia de produtos químicos. Os pulverizadores, por exemplo, são ótimos, pois eles direcionam o jato com o químico e tornam a distribuição do produto mais homogênea. Diferentemente de simplesmente jogar um produto químico em uma superfície ou diretamente em um pano.

Portanto, se você busca diminuir o consumo de químicos de higiene e limpeza, opte pelos produtos com gatilho, eles são uma ótima opção.


6. Dispenseres para copos


Um produto que muitas pessoas querem diminuir o consumo são os copos de plástico. Uma ótima opção é o dispenser para copos com alavanca, pois além da praticidade e em ser higiênico, também tem um poder econômico. Isso se dá principalmente pela tecnologia do aparelho em soltar apenas um copo por vez através de um sistema de clique único que ativa pequenas engrenagens de separação, o que além de bom para o meio ambiente, é excelente para o bolso na hora da economia.

Já a lixeira para copos é a combinação perfeita, isso porque nela você também terá uma economia. Com ela, você gasta menos sacos de lixo, graças a sua compactação de copos, e é um produto super versátil, pois além de servir para descartar copos de água serve também para descartar copos de café.


7. Sabonete Espuma


Muitas vezes deixamos o sabonete espuma de lado, pelo fato de ele ser mais caro que os sabonetes líquidos comuns. O que muitos não sabem é que ele rende até três vezes mais que os sabonetes que encontramos normalmente.

Eles são uma ótima opção para quem busca economizar no consumo de sabonetes, especialmente indicados para shoppings, aeroportos, faculdades e locais que possuam um grande tráfego diário de pessoas.

Se você possui uma alta demanda e compra sabonetes líquidos pensando na economia, talvez esteja se enganando. Faça o teste e descubra qual é mais econômico para você.


8. Papel higiênico rolão


O papel higiênico rolão é simplesmente a melhor opção para quem busca reduzir o gasto em papéis higiênicos. Eles estão disponíveis em rolos de 300 metros e 500 metros, e consequentemente acabam tendo um custo unitário maior que o dos rolinhos de 30 metros.

O que não podemos esquecer é que o barato pode sair caro! Isso porque o rolão se torna muito mais barato se pensarmos no valor proporcional do produto. Se você fizer o cálculo, perceberá que o metro de papel do rolão é mais barato que o do rolinho, fora o fato de que você não precisa ficar trocando os rolos do dispenser a todo momento.

Como vocês puderam perceber, existem materiais de higiene e limpeza que precisamos ter cuidado, não basta apenas olharmos para o preço e concluirmos como a melhor opção. Precisamos estar atentos ao produto, se ele realmente resolverá o seu problema ou pior, se gerará um problema maior ainda.


Fuja disso! Lembre-se, o barato pode sair caro!



Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook

© 2020 por Cormack Dist. Prod. de Limpeza Ltda EPP

Todas as imagens são meramente ilustrativas.

Consulte nossos preços através do nosso televendas ou e-mail.

*Frete grátis para algumas regiões do Estado do RJ, com pedído mínimo para entrega na Barra da Tijuca/Recreio R$120,00 e outros bairros R$100,00.