Luvas de Vinil e Viniflex: Quais as diferenças entre elas?

Você certamente já deve ter se perguntado qual é a diferença entre as luvas descartáveis e quais são as suas principais finalidades.

As luvas descartáveis são equipamentos utilizados na proteção do usuário, pois toda a tarefa que envolva o uso das mãos necessita de segurança. Com a pandemia uma nova realidade foi criada e, utilizar luvas também se tornou obrigatório em diversos locais, seja para evitar o contato direto com alimentos ou para outros procedimentos do usuário visando a sua proteção.

Além disso, em ambientes industriais e profissionais, as mãos estão fortemente ligadas na execução das tarefas e, por isso, é imprescindível que estejam protegidas. Quando falamos em proteção para trabalhos mais leves nestes ambientes, é necessário pensar não só na exposição a produtos químicos ou contato com alimentos, mas também no bem-estar das mãos durante as atividades.

Ao escolher a luva descartável ideal, é necessário estar atento e saber diferenciar as suas peculiaridades. Um erro na escolha deste equipamento pode trazer alguma complicação e, por isso, é imprescindível identificar qual modelo irá atender melhor a tarefa a ser executada. Selecionamos 3 tipos de luvas descartáveis muito utilizadas: as Luvas de Vinil, Luvas Viniflex e Luvas Plásticas, para explicarmos melhor suas finalidades, particularidades e também as precauções de cada uma. Conheça logo abaixo, e depois escolha a luva descartável ideal para você!


LUVAS DE VINIL


Muito utilizadas nos setores alimentício e estético, as Luvas de Vinil tem em sua composição, Policloreto de Vinila (o famoso Vinil). Elas não contém látex e são ideais para quem possui alergia ou sensibilidade a esse material. Graças à sua composição, são bem elásticas e proporcionam excelente sensibilidade tátil, garantindo agilidade nos movimentos das mãos.

São mais resistentes quando comparadas às luvas de látex e não rasgam com facilidade.

As vantagens de utiliza-las vêm de características que as tornam muito seguras: elas são resistentes à proliferação de fungos e bactérias e ainda, possuem alta resistência à gordura. Além disso, são mais sequinhas e vestem muito bem as mãos, se encaixando perfeitamente. Podem ser utilizadas em tarefas que tenham contato com líquidos, pois possuem alta aderência. Sabe quando você vai lavar a louça com luvas, e não sente segurança para pegar os pratos e copos? Com essas luvas esse problema não existe, pois elas aderem e seguram bem objetos lisos quando estão molhados!

No setor industrial alimentício, as Luvas de Vinil são muito utilizadas na preparação e manipulação de alimentos, tendo esse uso uma vantagem: você tem a impressão de estar sem as luvas ao pegar e manipular o alimento, pois são muito sensíveis ao tato. Também são muito utilizadas em situações que não exigem altos níveis de durabilidade e proteção, como em procedimentos estéticos e de beleza.

Outra característica comum das Luvas de Vinil é que elas possuem duas versões: com pó ou sem pó. O pó tem a função de facilitar na hora de calçar as luvas, e também de evitar o suor, que pode ser um incômodo para quem utiliza por longos períodos. Sugere-se o uso da Luva de Vinil com pó em ambientes úmidos e a sem pó para ambientes secos. As Luvas de Vinil também tem como característica padrão, a virola (ou bainha) no cano da luva.


As Luvas de Vinil podem ser utilizadas nas seguintes tarefas:


– Manipulação geral de alimentos: em cozinhas industriais, padarias, food trucks, lanchonetes e bares. Para a manipulação de carnes, legumes, massas, pães e alimentos variados. Também podem ser utilizadas para proteção na hora de servir e montar pratos;

– Procedimentos estéticos: na aplicação de procedimentos estéticos variados. Também pode ser utilizada em salões de beleza para tratamentos capilares, procedimentos de podologia, manicure, sobrancelhas, cílios, etc;

– Limpeza em geral: pode ser utilizada para proteção de limpezas mais leves, no uso tanto doméstico quanto industrial.


LUVAS VINIFLEX


Possuem em sua composição o TPE, nome comum para a Borracha Termoplástica ou Elastômero Termoplástico. O TPE é feito de um composto de termoplásticos rígidos em combinação com um material suave de borracha. Essas características da matéria-prima trazem maior elasticidade no uso e suavidade no toque, fazendo com que as luvas se moldem às mãos e sejam muito confortáveis de usar. Além disso, a borracha termoplástica combinada à espessura das luvas (que é bem fininha), aumenta a sensibilidade em seu uso. Fica muito mais fácil sentir o toque de texturas com as luvas em mãos.

Outro ponto super importante a ser destacado no TPE é a qualidade do material, que é muito resistente que, aliado a qualidade da solda, minimizam o risco de rompimento. Além do toque de seda, característica notável que gera conforto quando utilizada por longos períodos, também podemos citar a ausência de látex, uma opção segura para quem tem alergia à substância.

As Luvas Viniflex não são de Vinil. Elas possuem, além da diferença em componentes, outras características visuais e nas indicações de uso. As Luvas Viniflex não possuem virola (ou bainha) e são mais soltinhas que as Luvas de Vinil. Assim como as Luvas de Vinil, elas são muito utilizadas no segmento estético e gastronômico, mas não são recomendadas em algumas aplicações, pois não são tão “justinhas” às mãos quanto as Luvas de Vinil. Também não possuem pó bioabsorvível, pois são fáceis de colocar e tirar. As luvas Viniflex são a melhor alternativa custo-benefício para substituir as luvas de Látex e Vinil.


Podemos destacar como principais utilizações das Luvas Viniflex, as seguintes tarefas:

– No preparo geral de alimentos: em cozinhas industriais, padarias, food trucks, lanchonetes e bares, para a manipulação de carnes, legumes, massas, pães, doces e alimentos variados. Também podem ser utilizadas para proteção, na hora de servir e montar pratos;

– Procedimentos estéticos: na aplicação de procedimentos estéticos variados. Pode ser utilizada em salões de beleza, para tratamentos capilares, procedimentos de podologia, etc;

– Limpeza em geral: pode ser utilizada para proteção de limpezas mais leves, no uso tanto doméstico quanto industrial.


As Luvas Viniflex não são indicadas na área da saúde para uso em procedimentos hospitalares, clínicas médicas, laboratoriais ou odontológicas pois elas não protegem as mãos de materiais pontiagudos ou perfuro-cortantes.

Outra recomendação super importante é quanto ao uso em tarefas que necessitem de alta aderência ou que tenham contato com líquidos. Não é recomendado utilizar as Luvas Viniflex em trabalhos onde seja necessário manusear vidros, metais, cerâmicas entre outras superfícies que deslizam com facilidade. Em função da sua textura macia, as luvas poderão escorregar facilmente pela superfície, caso a tarefa demande alta aderência. Por exemplo, em salões de beleza elas não são recomendadas em procedimentos de manicure, design de sobrancelhas ou cílios, pois podem escorregar na hora de manusear o instrumento utilizado.


LUVAS PLÁSTICAS

Muito utilizadas no segmento alimentício em self-services, as Luvas Plásticas são práticas e higiênicas. Confeccionadas em polietileno de alta densidade (PEAD) na cor translúcida, são livres de Bisfenol A e possuem superfície levemente áspera por gravação multi-ponteada em médio relevo. O fechamento é feito por solda simples, são ambidestras e inodoras.

Quando comparada às luvas de Vinil e Viniflex, as Luvas Plásticas são uma alternativa de baixo custo. Isso porque elas têm um tempo de vida útil menor, em função de sua composição e gramatura, não sendo tão resistente quanto às outras luvas. Por isso elas são indicadas quando existe uma alta rotatividade no uso. Elas possuem tamanho único, então são maiores que as Luvas de Vinil e Viniflex, ficando mais ‘soltas’ na mão. Também são menos resistentes a trabalhos que contenham maior nível de força e preensão, por isso, são indicadas para manuseio de tarefas mais simples. Durante a pandemia, elas têm sido a opção ideal para disponibilizar a clientes em restaurantes self-services, pois são fáceis de colocar e tirar, além de, é claro, ter um ótimo custo-benefício.


As Luvas Plásticas podem ser utilizadas nos seguintes segmentos e tarefas:

– Setor alimentício: na manipulação de alimentos em cozinhas industriais, padarias, food trucks, lanchonetes e bares, para a manipulação de legumes, massas, pães, doces e alimentos variados. Também são muito utilizadas na hora de servir ou montar pratos em padarias, food trucks, lanchonetes, etc;

– Procedimentos estéticos: na aplicação de procedimentos estéticos variados, como aplicação de tinturas capilares, procedimentos de podologia, ou outras tarefas que necessitem de proteção leve;

– Limpeza em geral: pode ser utilizada para proteção de limpezas mais leves, no uso tanto doméstico quanto industrial.


As Luvas Plásticas não são indicadas para tarefas que necessitem de alta aderência ou que tenham contato com líquidos. Na hora de manusear vidros, metais, cerâmicas e outras superfícies que deslizam com facilidade, é recomendado o uso das Luvas de Vinil. Também não são recomendadas para tarefas que necessitem de alta sensibilidade nas mãos, pois como são “larguinhas”, possuem menor sensibilidade ao tato em comparação às Luvas de Vinil ou Viniflex.


Viu só como é importante estar atento ao tipo de luva descartável ideal para as diferentes atividades desempenhadas? Lembre-se que se você escolher de maneira correta, evitará possíveis acidentes, como também terá um desempenho maior na hora de executar a sua tarefa!

Ah, e lembre-se sempre: as luvas devem vestir o tamanho adequado para as suas mãos!



Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes